Depois das bicicletas, Prefeitura de Vitória anuncia compartilhamento de carros elétricos

Share on email
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
bike_vitoria

A capital capixaba também terá o serviço de carros elétricos compartilhados, como já ocorre em cidades como Curitiba e Recife. A novidade foi anunciada em primeira mão pelo prefeito de Vitória, Luciano Rezende, durante a solenidade de lançamento do projeto Bike Vitória, neste domingo (15), na praia de Camburi.

“Estamos estudando uma forma de trazer o compartilhamento de carros elétricos para Vitória. Para isso, iniciamos conversa com a Samba, operadora do sistema Bike Vitória, para que possamos rapidamente avançar com os carros elétricos compartilhados aqui na capital, como já acontece em Curitiba e no Recife”, adiantou o prefeito.

Rua de Lazer

O Bike Vitória começou a operar ontem. Inicialmente, moradores e turistas poderão retirar as bikes em cinco estações: Escola da Vida, na rodovia Serafim Derenzi, em São Pedro; Tancredão; e três na praia de Camburi (ponte de Camburi, em frente ao Clube dos Oficiais e no SOE de Jardim Camburi), Em cada local, estão disponíveis 10 bikes.

A Rua de Lazer da praia de Camburi ganhou uma nova cor. Logo após o lançamento do projeto, o verde das bicicletas do Bike Vitória já chamava a atenção das pessoas que foram se divertir na orla. Muitas se aglomeravam na estação para conhecer o projeto e outras para retirar e utilizar as magrelas.

A farmacêutica Clarisse de Oliveira Cosa foi uma dessas pessoas. “Não tenho bike em casa e quis aproveitar essa oportunidade. Foi muito fácil fazer todo o processo, desde baixar o aplicativo, fazer o cadastro e retirar a bicicleta. Agora é só curtir essa maravilha”, disse.

A perita criminal Emanuela Silva também fez a mesma coisa. “Esse é um projeto bacana que precisava ser implantado em Vitória. Já baixei o aplicativo, fiz meu cadastro e agora quero aproveitar que é domingo e tem a ciclofaixa para pedalar bastante”, contou.

Bicicleta

A bicicleta tem estrutura de alumínio, não enferruja e pode ficar exposta ao sol e à chuva. Ela pesa 16 quilos, possui três marchas e itens de segurança como espelho, buzina e material reflexivo para identificação durante a noite, além de chip para rastreamento.

Para a Prefeitura, o Bike Vitória não teve custo algum. Os parceiros Unimed Vitória, Siccob e Samba, junto com a administração municipal, montaram o sistema com a maior empresa que opera essa modalidade na América Latina. Até as 10 horas deste domingo, mais de 1.100 pessoas já haviam feito o cadastro pelo site ou aplicativo do Bike Vitória.

Para usar, basta baixar o aplicativo Bike Vitória ou fazer o cadastro no site www.bikevitoria.com. Veja aqui como utilizar. Basta contratar com cartão de crédito a diária de R$ 5,40, a mensalidade de R$ 10,80 ou o plano anual de R$ 67,50.

Solenidade

A solenidade de lançamento do projeto ocorreu perto do SOE de Jardim da Penha, na praia de Camburi, e contou com a presença de muitos moradores, além de secretários municipais, parlamentares e representantes das empresas parceiras da iniciativa.

Na sequência, no palco montado para o evento, aconteceram as apresentações das bandas 522 e Amaro e os Mandrakes. Um outro evento de inauguração também ocorreu em São Pedro, na estação do Bike Vitória instalada ao lado da Escola da Vida.

Projeto metropolitano

Na ocasião, o prefeito Luciano Rezende destacou que espera ver o projeto em nível metropolitano. “Ele precisa ser expandido para as demais cidades da Grande Vitória pela sua importância”, ressaltou, lembrando que o uso das bikes contribui para a mobilidade urbana.

“Nós queremos que a cidade faça a solução da mobilidade urbana usando também meios sustentáveis, como a bicicleta, o uso de calçadas cidadãs com espaços mais seguros para caminhadas, a diminuição de uso de automóvel, a melhoria do sistema de transporte público”, disse.

E o prefeito finalizou: “Vamos andar de bike porque Vitória é a capital saudável e também do esporte do País”.

Sucesso

A secretária municipal de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana, Joseane de Fátima Geraldo Zoghbi, disse que o Bike Vitória já é um sucesso na cidade. “A capital tem uma população bastante inovadora, que gosta da qualidade de vida e do meio ambiente. Tem tudo para dar certo, como ocorreu em São Paulo, Porto Alegre e Rio de janeiro, além de Londres, Paris e Nova Iorque”, afirmou.

Ela disse que graças ao apoio dos parceiros e da iniciativa do prefeito Luciano, foi possível implantar o serviço em Vitória, que tem como características a praia, uma boa infraestrutura cicloviária e pessoas jovens e com caráter esportivo.

“A gente acha que o projeto será um sucesso, e já temos percebido isso em conversas com as pessoas, com ligações para o call center e no número de cadastros logo após o aplicativo ser lançado. Estamos muito animados e otimistas”, disse Israel Leite, representante da Samba, empresa operadora do sistema Bike Vitória.

Parcerias

Já o diretor executivo do Sicoob Espírito Santo, Nailson Dalla Bernardina, trata-se de um modelo de mobilidade urbana e conscientização para preservação do meio ambiente.

“Nós queremos estar sempre associados a isso. O banco tem isso como seu lema central e o desenvolvimento das regiões onde ele atua. Esse projeto vai movimentar toda a nossa capital, dando oportunidades para a pessoas se encontrarem por meio do lazer e por meio da bicicleta”.

“As parcerias público-privadas têm tudo para dar certo. Parabéns pelo empreendedorismo, pioneirismo de todos os envolvidos. Por meio do esporte e lazer há possibilidade de diminuição do índice de criminalidade nesse país “, ressaltou o representante da Unimed Vitória, Renegildo Gava Milanez. (Secom/Prefeitura de Vitória)

Privacy Preference Center