Curso gratuito de espanhol é oferecido pela Biblioteca Salomão Malina

Inscrições estão abertas. As aulas, presenciais, começam no dia 6 de junho
Share on email
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Biblioteca Salomão Malina oferece curso de espanhol para iniciantes, gratuitamente | Arte: FAP
Biblioteca Salomão Malina oferece curso de espanhol para iniciantes, gratuitamente | Arte: FAP

João Vítor*, com edição do coordenador de Publicações da FAP, Cleomar Almeida

Sem qualquer custo, pessoas a partir de 14 anos de idade podem se inscrever no curso de espanhol para iniciantes, a ser ministrado na Biblioteca Salomão Malina, mantida pela Fundação Astrojildo Pereira (FAP), no Conic, no centro de Brasília. O início das aulas presenciais está marcado para o dia 6 junho, a partir das 16 horas. As vagas são limitadas.

As aulas serão ministradas pelo professor e poeta argentino Javier Valado. A população de Brasília pode tanto fazer a inscrição online, quanto presencialmente na unidade de leitura. São oferecidas 35 vagas. Sempre às segundas-feiras, o curso terá duração de três meses. 

O professor Valado acredita na possibilidade de construir códigos de confiança e respeito com base na experiência educativa. Ele mora no Brasil desde 2013. Decidiu mudar-se para Salvador, na Bahia, para vivenciar a cultura nordestina e trabalhar com arte.

O argentino pondera que ensinar significa mostrar, aprender com prazer. “É como as crianças aprendem a brincar. Sendo adultos, vamos brincar seriamente de aprender espanhol. Todos somos, de alguma maneira, professor e aluno. Todos temos pelo menos um saber importante para compartilhar”, diz. 

No Brasil, 491 mil pessoas falam espanhol. O idioma é o quarto idioma mais usado no mundo, com 538 milhões de falantes. Valado explica que o baixo número de usuários da língua espanhola é reflexo da relação da população com países coloniais.

“A Argentina olha para Espanha. O Brasil, para Portugal”, afirma o professor do curso para acrescentar que, por ser a grande potência da América do Norte, os Estados Unidos retêm a atenção da população brasileira, considerada por ele como a grande potência da América do Sul.

“Então, é lógico que a grande maioria da população brasileira queira aprender inglês e não espanhol porque não se identifica com as culturas do resto dos países da América. Isso, que é histórico, faz com que o Brasil fique culturalmente quase que isolado do resto da América”, diz Valado.

previous arrow
next arrow
 
previous arrow
next arrow

Aluno

O curso, realizado pela Biblioteca Salomão Malina, já tem alunos confirmados. Um deles é Alan Douglas Da Silva, de 34 anos, que trabalha como gráfico e vê a importância de aprender um novo idioma para abrir portas para seu desenvolvimento pessoal, cultural e profissional.

Ele é estudante do curso de técnico de enfermagem e ressalta que “o mercado está considerando como pré-requisitos básicos que a pessoa a ser contratada tenha domínio em algum idioma”.

Dados do Ministério da Justiça mostram que, em 2021, 23.147 venezuelanos solicitaram refúgio no Brasil. Douglas diz ter interesse em entrar em contato com esses estrangeiros e outros imigrantes. 

O objetivo de Douglas no curso é aumentar a possibilidade de “diálogo com imigrantes, que estão em Brasília, como os venezuelanos, argentinos e outros da América latina”.

Serviço

Curso de espanhol para iniciantes

Início das aulas: 6/6/2022

Horário: a partir das 16h

Onde: Biblioteca Salomão Malina

Endereço: SDS, Bloco P, ED. Venâncio III, Conic, loja 52, Brasília (DF). CEP: 70393-902

Telefone: (61) 3323-6388

WhatsApp: (61) 98401-5561

Inscrições: https://forms.gle/8AJwnv81zQMfbiSz7  

*Integrante do programa de estágio da FAP, sob supervisão do jornalista, editor de conteúdo e coordenador de Publicações da FAP, Cleomar Almeida

Privacy Preference Center