“O que é ser de esquerda hoje” abre o primeiro dia de palestras no I Encontro de Jovens Lideranças

Share on email
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

Com a presença do deputado Davi Zaia, deputado e presidente interino do PPS, e do diretor geral da FAP e jornalista Luiz Carlos Azedo se iniciaram hoje, domingo, as palestras do I Encontro de Jovens Lideranças do PPS/FAP, evento que reúne em média 50 estudantes oriundos de todo o Brasil e que consiste em um treinamento em formação de equipes e exercício de lideranças. Na abertura Davi Zaia disse da importância do jovem na política brasileira e da necessidade de novas lideranças. Logo após o jornalista Azedo palestrou sobre o tema: O que é ser de esquerda hoje?

Na palestra Azedo apontou que parte da esquerda precisa se atualizar deixando os dogmas no passado, afinal o mundo mudou, fronteiras foram vencidas, a informação se globalizou e a tecnologia tem modificado as formas de trabalho. A palestra foi finalizada com o jornalista dizendo que não há uma resposta concreta sobre o que é ser de esquerda atualmente, porém ela deve dar conta de abarcar temas principais que acometem a sociedade nos dias de hoje, como: meio-ambiente, igualdade de gênero e racial, sustentabilidade e democracia!

Após a palestra os jovens tiveram a oportunidade de fazer perguntas a mesa, dentre as principais, a preocupação com o governo Trump e como ele tem incentivado ondas nacionalistas na Europa. Também indagaram se hoje, de fato, há a necessidade de se declarar como sendo de direita ou de esquerda.

No decorrer do dia foi feita uma um dinâmica em duplas, na qual cada integrante da dupla após conversa para conhecer seu companheiro o apresentava para todo o grupo. A dinâmica foi bem animada e parte dela foi transmitida ao vivo pela Fanpage da FAP (na qual se pode acompanhar várias postagens diárias sobre o evento). Por fim, após o jantar foi realizado debate sobre o filme visto na noite anterior – Sentidos do Amor.

O evento sediado na colônia Kinderland, próxima a cidade do Rio de Janeiro, vai até a próxima sexta-feira, 24/02, e contará ainda com a presença de diversos intelectuais, atores e artistas que poderão contribuir na formação destes jovens.

Por Germano Martiniano – Formado em Relações Internacionais pela UNESP/Franca e assessor de comunicação da FAP

 

 

Privacy Preference Center