100 anos do PCB: A importância do Partidão para a democracia brasileira

Jornalista Francisco Almeida é o segundo convidado da série de entrevistas do podcast Rádio FAP sobre o centenário do PCB
Share on email
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Arte: FAP
Arte: FAP


João Rodrigues, da equipe da FAP

Em 25 de março de 2022, o Partido Comunista Brasileira (PCB) completa 100 anos. Símbolo de resistência na ditadura, o Partidão foi determinante para a consolidação da democracia no Brasil. Na sequência da série de entrevistas do podcast da Fundação Astrojildo Pereira (FAP) sobre o centenário do PCB, o jornalista Francisco Almeida explica como o partido foi fundamental para grandes conquistas da sociedade brasileira.

Um dos grandes nomes da luta democrática no Brasil, Francisco Inácio de Almeida nasceu no interior do Ceará, em novembro de 1939. Almeida ingressou no PCB logo após a vitória da Revolução Cubana. Ao visitar a ilha caribenha, em 1961, conheceu figuras de peso nos embates contra a ditadura de Fulgencio Batista, como Blas Roca e Ernesto Che Guevara. Com a transformação do Partidão em PPS, em 1992, tornou-se o primeiro secretário-geral do partido. Hoje, é um dos principais articuladores do Cidadania 23.

O combate à desigualdade social pelo PCB, a defesa dos negros e dos povos indígenas e a criação do Sistema Único de Saúde (SUS) estão entre os temas do programa. Na abertura, o episódio conta com áudio de Luiz Werneck Vianna, durante o evento on-line “PCB 100 anos – A lição de 1964”, realizado em 2021.

O Rádio FAP é publicado semanalmente, às sextas-feiras, em diversas plataformas de streaming como Spotify, Youtube, Google Podcasts, Ancora, RadioPublic e Pocket Casts. O programa tem a produção e apresentação do jornalista João Rodrigues.

Privacy Preference Center