curso de formação política da fap

Luciano Rezende ministra aula no curso Jornada Cidadã 2022 | Arte: Washington Reis/FAP

Solidariedade e diálogo: caminhos para a gestão da pandemia

Presidente do Conselho Curador da FAP, Luciano Rezende apresentará proposta para manejo da pandemia em aula da Jornada Cidadã 2022

Cleomar Almeida, da equipe FAP

A pandemia da covid-19 impõe o desafio de lidar com o desconhecido, mas também de criar caminhos para seguir adiante, em todas as esferas, com solidariedade, segundo o presidente do Conselho Curador da Fundação Astrojildo Pereira (FAP), o médico Luciano Rezende, ex-prefeito de Vitória (ES) por dois mandatos. Ele vai discutir estratégias pós-covid, nesta quarta-feira (8/12), a partir das 19 horas, na 14ª aula do curso Jornada Cidadã 2022.

“O manejo e a gestão da pandemia nas famílias, na sociedade, nas empresas e nas instituições públicas é um enorme desafio. Nós todos fomos surpreendidos, em março de 2020, com a pandemia, e vamos ter que fazer essa gestão, também, no ano de 2022”, destaca Rezende, em entrevista ao portal da FAP.

O curso Jornada Cidadã 2022 é realizado pela FAP, sediada em Brasília, em parceria com o Cidadania. As aulas estão disponíveis na plataforma de educação a distância Somos Cidadania, gratuitamente, a simpatizantes e filiados ao partido.

previous arrow
next arrow
 
previous arrow
next arrow

“Nós vamos para o terceiro ano da gestão da covid-19 e suas consequências sociais, econômicas, na educação na saúde, na vida das famílias e das cidades e do país. É sobre isso que nós vamos falar”, diz o ex-prefeito de Vitória (ES).

De acordo com o presidente do Conselho Curador da FAP, um forte aliado do manejo e da gestão da pandemia é o trabalho “com solidariedade, trocando informações para enfrentar um adversário ou uma situação que é um desafio desconhecido em parte”.

“O conhecimento hoje da covid-19 é muito maior do que era em 2020, mas ainda é muito pequeno. Então, a união, a solidariedade, o debate e o diálogo são um bom caminho, e é isso que nós vamos fazer hoje através da Fundação Astrojildo pereira. Falando sobre a gestão da covid-19, ideias e propostas que poderão ser implementadas no ano que vem”, destaca Rezende.

https://open.spotify.com/episode/3aZwAxD4z9njpXZ0Chmofr?si=c2566f9dac8c4e25
https://open.spotify.com/episode/2yvrSZwgDAbVPFDVdFGQz8?si=67f98c5df320471b

O curso

As inscrições no curso podem ser feitas, diretamente, na plataforma de educação a distância Somos Cidadania, que é totalmente interativa, moderna, com design responsivo e tem acesso gratuito para matriculados. Nela, além das aulas, os alunos têm à disposição uma série de informações relevantes e atuais sobre o contexto político brasileiro e eventos contínuos realizados pela FAP.

Palestrantes do curso Jornada Cidadã 2022
Palestrantes do curso Jornada Cidadã 2022

O curso, segundo a coordenação, reúne uma série de professores altamente qualificados para abordar temas que afetam diretamente o dia a dia das pessoas e devem ser encarados por meio de políticas públicas eficazes, em meio a um cenário tomado pela pandemia da covid-19.

Veja vídeos do curso



Leia mais

Meio ambiente e sustentabilidade são fatores de transformação’, diz Besserman

Jornada Cidadã 2022: Raul Jungmann discute segurança pública e democracia

“Pandemia mostra capacidade de resiliência do SUS”, diz Luiz Santini

“Mais pobres estão solapados pela pandemia”, diz Eliziane Gama

“Brasil precisa dar salto na educação”, afirma Cristovam Buarque

Análise de conjuntura não é jogo de adivinhação”, diz Luiz Carlos Azedo

Curso Jornada Cidadã 2022 mostra uso estratégico das redes sociais

‘Comunicação política é como droga’, diz jornalista e publicitário Edson Barbosa

‘É preciso criatividade para firmar projeto político com valores’, diz Arnaldo Jordy

Marcelo Nunes vê avanço em federação partidária: “Muito positiva”

Rubens Bueno discute estratégias de pré-campanha na Jornada Cidadã 2022

Direitos políticos são abordados na segunda aula da Jornada Cidadã 2022

História e identidade do Cidadania 23 são temas de aula da Jornada Cidadã 2022

Professores sugerem obras para alunos do curso Jornada Cidadã 2022

FAP abre inscrições para curso de formação política Jornada Cidadã 2022


Aula de Sérgio Besserman na Jornada Cidadã 2022

'Meio ambiente e sustentabilidade são fatores de transformação', diz Besserman

João Vitor*, da equipe FAP

Ex-presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o economista Sérgio Besserman afirma que meio ambiente e sustentabilidade são um “importantíssimo fator de transformação envolvendo a macroeconomia global, a geopolítica e a política interna dos países”.

Besserman abordará meio ambiente e sustentabilidade, na segunda-feira (6/12), a partir das 19 horas, na 13ª aula do curso Jornada Cidadã 2022, realizado pela Fundação Astrojildo Pereira (FAP), sediada em Brasília, em parceria com o Cidadania. O curso está disponível na plataforma de educação a distância Somos Cidadania, gratuitamente, a simpatizantes e filiados ao partido.

https://youtu.be/3QS46NqlLvQ

Besserman, que também é integrante do Conselho Curador da FAP, afirma que não haverá desenvolvimento nem econômico nem social, sem que a humanidade altere a forma como se consome e produz.

“A escolha do tamanho do estrago e dos prejuízos ao bem-estar da humanidade ainda está em nossas mãos”, afirma o ex-presidente do IBGE, em artigo no site da FAP.

Segundo Besserman, o ser humano faz parte da natureza e vive na biosfera com o mesmo grau de dependência do fato de viver na atmosfera. “Dentro de cada uma das pessoas, há centenas de trilhões de outros seres vivos, e a saúde, humor e até capacidades mentais dependem dessa interação”, exemplifica.

https://open.spotify.com/episode/1YNXyqrCKA1YKCEJ4scTAf?si=2d8dd287db184d37

O curso

As inscrições no curso podem ser feitas, diretamente, na plataforma de educação a distância Somos Cidadania, que é totalmente interativa, moderna, com design responsivo e tem acesso gratuito para matriculados. Nela, além das aulas, os alunos têm à disposição uma série de informações relevantes e atuais sobre o contexto político brasileiro e eventos contínuos realizados pela FAP.

Palestrantes do curso Jornada Cidadã 2022

O curso, segundo a coordenação, reúne uma série de professores altamente qualificados para abordar temas que afetam diretamente o dia a dia das pessoas e devem ser encarados por meio de políticas públicas eficazes, em meio a um cenário tomado pela pandemia da covid-19.

*Estagiário integrante do programa de estágios da FAP, sob supervisão do jornalista Cleomar Almeida

Veja vídeos do curso



Leia mais

Jornada Cidadã 2022: Raul Jungmann discute segurança pública e democracia

“Pandemia mostra capacidade de resiliência do SUS”, diz Luiz Santini

“Mais pobres estão solapados pela pandemia”, diz Eliziane Gama

“Brasil precisa dar salto na educação”, afirma Cristovam Buarque

Análise de conjuntura não é jogo de adivinhação”, diz Luiz Carlos Azedo

Curso Jornada Cidadã 2022 mostra uso estratégico das redes sociais

‘Comunicação política é como droga’, diz jornalista e publicitário Edson Barbosa

‘É preciso criatividade para firmar projeto político com valores’, diz Arnaldo Jordy

Marcelo Nunes vê avanço em federação partidária: “Muito positiva”

Rubens Bueno discute estratégias de pré-campanha na Jornada Cidadã 2022

Direitos políticos são abordados na segunda aula da Jornada Cidadã 2022

História e identidade do Cidadania 23 são temas de aula da Jornada Cidadã 2022

Professores sugerem obras para alunos do curso Jornada Cidadã 2022

FAP abre inscrições para curso de formação política Jornada Cidadã 2022


Washington Reis/FAP - Aula do médico e pesquisador Luiz Santini no curso Jornada Cidadã 2022. Arte: Washington Reis/FAP

"Pandemia mostra capacidade de resiliência do SUS", diz Luiz Santini

Pesquisador da Fiocruz e ex-diretor do Inca vai discutir impactos da covid-19 no sistema em nova aula do curso Jornada Cidadã 2022

Cleomar Almeida, da equipe da FAP

Pesquisador associado do Centro de Estudos Estratégicos da Fundação Oswaldo Cruz (CEE-Fiocruz) e ex-diretor do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o médico Luiz Santini diz que “a pandemia mostra a capacidade de resiliência” do Sistema Único de Saúde (SUS). Ele discute o assunto, na segunda-feira (29/11), a 11ª aula do curso Jornada Cidadã 2022.

Realizado pela Fundação Astrojildo Pereira (FAP), sediada em Brasília, em parceria com o Cidadania, o curso está disponível na plataforma de educação a distância Somos Cidadania, gratuitamente, a simpatizantes e filiados ao partido.

previous arrow
next arrow
 
previous arrow
next arrow

Santini, que que também é professor de Cirurgia e de Saúde Pública pela Universidade Federal Fluminense (UFF), vai discutir os impactos da pandemia no SUS, mesmo título da mais recente revista Política Democrática impressa (58ª edição), cuja organização teve participação dele. A publicação foi editada pela FAP.

“O SUS teve capacidade de acionar seu mecanismo de gestão tripartite e fez com que, mesmo com ausência de liderança nacional, o sistema fosse capaz de funcionar e responder adequadamente”, afirma Santini.

Segundo o pesquisador, apesar do negacionismo de Bolsonaro, o SUS se sobrepôs a tentativas de ingerência do governo de tentar desqualificar o sistema para favorecer, por exemplo, compra e distribuição de insumos pelo setor privado, em meio a um esquema de corrupção, como revelou a comissão parlamentar de inquérito (CPI) no Senado.

O médico acredita que, se não fosse o sistema público, o Brasil já teria um número muito maior que o de 614 mil vítimas da covid-19.



O curso

As inscrições no curso podem ser feitas, diretamente, na plataforma de educação a distância Somos Cidadania, que é totalmente interativa, moderna, com design responsivo e tem acesso gratuito para matriculados. Nela, além das aulas, os alunos têm à disposição uma série de informações relevantes e atuais sobre o contexto político brasileiro e eventos contínuos realizados pela FAP.

Palestrantes do curso Jornada Cidadã 2022
Palestrantes do curso Jornada Cidadã 2022

O curso, segundo a coordenação, reúne uma série de professores altamente qualificados para abordar temas que afetam diretamente o dia a dia das pessoas e devem ser encarados por meio de políticas públicas eficazes, em meio a um cenário tomado pela pandemia da covid-19.

Veja vídeos do curso



Leia mais

“Mais pobres estão solapados pela pandemia”, diz Eliziane Gama

“Brasil precisa dar salto na educação”, afirma Cristovam Buarque

Análise de conjuntura não é jogo de adivinhação”, diz Luiz Carlos Azedo

Curso Jornada Cidadã 2022 mostra uso estratégico das redes sociais

‘Comunicação política é como droga’, diz jornalista e publicitário Edson Barbosa

‘É preciso criatividade para firmar projeto político com valores’, diz Arnaldo Jordy

Marcelo Nunes vê avanço em federação partidária: “Muito positiva”

Rubens Bueno discute estratégias de pré-campanha na Jornada Cidadã 2022

Direitos políticos são abordados na segunda aula da Jornada Cidadã 2022

História e identidade do Cidadania 23 são temas de aula da Jornada Cidadã 2022

Professores sugerem obras para alunos do curso Jornada Cidadã 2022

FAP abre inscrições para curso de formação política Jornada Cidadã 2022


“Mais pobres estão solapados pela pandemia”, diz Eliziane Gama

Senadora discute erradicação da pobreza na 10ª aula do curso Jornada Cidadã 2022

Cleomar Almeida, da equipe da FAP

A senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) disse que “a erradicação da pobreza é uma imposição a qualquer país que deseje sair do subdesenvolvimento”. “Os mais pobres estão sendo solapados pelos efeitos da pandemia, crise econômica e inflação”, afirma ela, em entrevista ao portal da Fundação Astrojildo Pereira (FAP), sediada em Brasília.

A parlamentar discute, nesta quarta-feira (24/11), a partir das 19 horas, redução da desigualdade e erradicação da pobreza na 10ª aula do curso Jornada Cidadã 2022, disponível na plataforma de educação a distância Somos Cidadania, gratuitamente, a simpatizantes e filiados ao partido.

Os efeitos da pandemia agravaram o cenário de fome no país. “Por isso se faz tão necessário pensar na garantia de uma renda mínima aos brasileiros, isso dentro de uma política de Estado e não como mero artifício eleitoreiro”, destaca a parlamentar.

gfhfg
Condomínio invadido do Minha Casa, Minha Vida, no Rio
Pobreza em Cruz Machado
tyyjjhh
jkjkhg
awdsdt
dfsgh
dfsasdfbg
dfdydfh
hfghd
wdsgdf
igjfd
photograph taken in the Kibera slums in Nairobi during the stay of the Pope in Kenya. more than 500,000 people live here without essential services.
okhgf
previous arrow
next arrow

Fome

Levantamento mais recente da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan) indica que, no total, 19,1 milhões de brasileiros passam fome no país, o equivalente a 9% da população.

O estudo foi realizado em dezembro do ano passado, em 2.180 domicílios das cinco regiões do Brasil, tanto em áreas urbanas como rurais. A entidade também concluiu que, com a pandemia da Covid-19, cerca de 116,8 milhões estão em algum grau de insegurança alimentar — leve, moderado ou grave.

Segundo dados da Fundação Getúlio Vargas (FGV), o número de pobres saltou de 9,5 milhões, em agosto de 2020, para mais de 27 milhões, em fevereiro de 2021. “Isso significa que a pobreza no Brasil triplicou em seis meses”. 

A senadora também lembra que 40 milhões de brasileiros vivem em situação de extrema pobreza, com até R$ 89 por mês. “Isso é inadmissível. Enquanto pobres ficam cada vez mais pobres, ricos ficam cada vez mais ricos”, lamenta.

“Vivemos um momento em que iniciativas importantes como a valorização do ganho real do salário-mínimo e as transferências de renda foram abandonadas pelo atual governo. É algo estarrecedor e que, se não for alterado, teremos um enorme contingente, ainda maior, de miseráveis no Brasil”, alerta.



O curso

As inscrições no curso podem ser feitas, diretamente, na plataforma de educação a distância Somos Cidadania, que é totalmente interativa, moderna, com design responsivo e tem acesso gratuito para matriculados. Nela, além das aulas, os alunos têm à disposição uma série de informações relevantes e atuais sobre o contexto político brasileiro e eventos contínuos realizados pela FAP.

Palestrantes do curso Jornada Cidadã 2022
Palestrantes do curso Jornada Cidadã 2022

O curso, segundo a coordenação, reúne uma série de professores altamente qualificados para abordar temas que afetam diretamente o dia a dia das pessoas e devem ser encarados por meio de políticas públicas eficazes, em meio a um cenário tomado pela pandemia da covid-19.

Veja vídeos do Curso



Leia mais

“Brasil precisa dar salto na educação”, afirma Cristovam Buarque

Análise de conjuntura não é jogo de adivinhação”, diz Luiz Carlos Azedo

Curso Jornada Cidadã 2022 mostra uso estratégico das redes sociais

‘Comunicação política é como droga’, diz jornalista e publicitário Edson Barbosa

‘É preciso criatividade para firmar projeto político com valores’, diz Arnaldo Jordy

Marcelo Nunes vê avanço em federação partidária: “Muito positiva”

Rubens Bueno discute estratégias de pré-campanha na Jornada Cidadã 2022

Direitos políticos são abordados na segunda aula da Jornada Cidadã 2022

História e identidade do Cidadania 23 são temas de aula da Jornada Cidadã 2022

Professores sugerem obras para alunos do curso Jornada Cidadã 2022

FAP abre inscrições para curso de formação política Jornada Cidadã 2022


“Brasil precisa dar salto na educação”, afirma Cristovam Buarque

Ex-senador discutiu o assunto em nova aula do curso Jornada Cidadã 2022

Cleomar Almeida, da equipe da FAP

O ex-senador e ex-governador do Distrito Federal Cristovam Buarque diz que “o Brasil precisa do Sistema Nacional Único de Educação para dar um salto nessa área”. Ele, que também é ex-ministro, vai abordar o assunto, na segunda-feira (22/11), a partir das 19 horas, na nona aula do curso Jornada Cidadã 2022, disponível na plataforma Somos Cidadania.

Realizado pela Fundação Astrojildo Pereira (FAP), sediada em Brasília, em parceria com o Cidadania, o curso tem aulas telepresenciais e está disponível na plataforma Somos Cidadania, gratuitamente. O acesso é restrito a alunos matriculados filiados ao partido ou simpatizantes.

“A proposta é criar Sistema Nacional Único de Educação, que alguns chamam de federalização”, afirma Cristovam, que foi ministro da Educação nos anos de 2003 e 2004, no primeiro mandato do então governo Lula.

O palestrante sugeriu que os alunos leiam o artigo que ele escreveu sobre o assunto e foi publicado na revista Educação: Presente. E o futuro?, temática abordada na 57ª edição da Política Democrática impressa, editada pela FAP.

De acordo com Cristovam, a proposta é o caminho para o país enfrentar, sobretudo, as desigualdades no acesso à educação em diversas regiões do Brasil. “A única forma de garantir educação com a mesma qualidade para todas as cidades do Brasil é que seja feita pela União, pela federação”, destacou ele, que se autodefine como educacionista.

“Deixar a educação das crianças sob a responsabilidade das prefeituras é condená-las à educação desigual, porque as cidades são muito desiguais, na renda, nos recursos humanos, na capacidade de gestão, na vontade dos prefeitos. Essas diferenças também são vistas entre os estados”, observa ele.

Cristovam reconhece a necessidade de prévia alteração constitucional para implementação da proposta, caso houvesse vontade do Congresso Nacional. No entanto, por outro lado, ele acredita que o ideal seria os municípios, de forma voluntária, aderirem à proposta.

“A educação é estratégia de longo prazo. Outras medidas podem melhorar um pouco, mas dar um salto não. O que o Brasil vem fazendo é melhorar, mas defendo um salto. Para saltar, é necessária uma estratégia de longo prazo”, ressalta Cristovam.



O curso

As inscrições no curso podem ser feitas, diretamente, na plataforma de educação a distância Somos Cidadania, que é totalmente interativa, moderna, com design responsivo e tem acesso gratuito para matriculados. Nela, além das aulas, os alunos têm à disposição uma série de informações relevantes e atuais sobre o contexto político brasileiro e eventos contínuos realizados pela FAP.

Palestrantes do curso Jornada Cidadã 2022
Palestrantes do curso Jornada Cidadã 2022

O curso, segundo a coordenação, reúne uma série de professores altamente qualificados para abordar temas que afetam diretamente o dia a dia das pessoas e devem ser encarados por meio de políticas públicas eficazes, em meio a um cenário tomado pela pandemia da covid-19.

Vídeos de aulas anteriores



Leia mais

Análise de conjuntura não é jogo de adivinhação”, diz Luiz Carlos Azedo

Curso Jornada Cidadã 2022 mostra uso estratégico das redes sociais

‘Comunicação política é como droga’, diz jornalista e publicitário Edson Barbosa

‘É preciso criatividade para firmar projeto político com valores’, diz Arnaldo Jordy

Marcelo Nunes vê avanço em federação partidária: “Muito positiva”

Rubens Bueno discute estratégias de pré-campanha na Jornada Cidadã 2022

Direitos políticos são abordados na segunda aula da Jornada Cidadã 2022

História e identidade do Cidadania 23 são temas de aula da Jornada Cidadã 2022

Professores sugerem obras para alunos do curso Jornada Cidadã 2022

FAP abre inscrições para curso de formação política Jornada Cidadã 2022


'Comunicação política é como droga', diz jornalista e publicitário Edson Barbosa

Coordenador de campanhas eleitorais ministra sexta aula do curso Jornada Cidadã 2022, nesta segunda-feira (8/11)

Cleomar Almeida, da equipe da FAP

Coordenador de campanhas eleitorais, o jornalista e publicitário Edson Barbosa diz que “marketing político não é mágica” e que a comunicação política é “como droga” que pode ser usada para atingir resultados bons ou ruins, a depender da finalidade. Ele vai ministrar, nesta segunda-feira (8/11), a partir das 19 horas, a sexta aula do curso Jornada Cidadã 2022, disponibilizado na plataforma Somos Cidadania.

No curso realizado pela Fundação Astrojildo Pereira (FAP), sediada em Brasília, em parceria com o Cidadania, Barbosa vai explicar os principais conceitos e as estratégias de marketing e comunicação política. “Marketing político não é enganação, mas, sim, o tratamento adequado às necessidades do ambiente político eleitoral com o qual se pretende produzir verdadeiro engajamento”, afirma.

“A comunicação política, desde sempre, foi e é utilizada para a corrupção do pensamento, principalmente dos setores mais vulneráveis, mas também para o progresso da consciência cidadã, naquilo que a política pode ter de mais virtuoso. É como a droga, que tanto pode deformar o paciente, matá-lo, ou ser um paliativo e cura; depende da intenção e da dose aplicada”, diz.

O palestrante também deve destacar distinções que ele avalia como importantes na área. “Considero que há uma diferença profunda entre aquilo que muita gente costuma aplaudir no trabalho dos chamados ‘marqueteiros’ e o conjunto dos princípios, técnicas e plataformas da comunicação, a serviço de uma compreensão consciente e transformadora entre os agentes políticos e a sociedade”, diz.

Aula Edson Barbosa no curso Jornada Cidadã 2022
Aula Edson Barbosa no curso Jornada Cidadã 2022

De acordo com ele, é preciso saber definir como usar conceitos e estratégias para alcançar determinado resultado. “Como em tudo na vida, é possível usar o conhecimento para destruir ou construir, falseando a realidade ou afirmando proposições verdadeiras”, ressalta ele, que tem larga experiência em coordenação de campanhas.

urna_menor
urna
csm_CAJAZEIRAS-BETOABREU-_cb5e7d3580
Eleições-2020-cidade-de-Santo-Antônio-do-descoberto8-1024x682
16066497645fc387a4de41a_1606649764_3x2_md
noti-1538984106
moradores-uberaba-calcadao-artur-machado-centro-mascaras-coronavirus
previous arrow
next arrow

O especialista também considera que o aumento das tecnologias de comunicação e informação também possibilita maior alcance das ações de comunicação e marketing político, para favorecer a interação com o público.

“Com o fenômeno da tecnologia aplicada à comunicação, produzindo um alcance exponencial da mensagem, trazendo extraordinárias possibilidade de interação entre emissor e receptor, estamos hoje num patamar gigantesco de possibilidades comunicacionais, produzindo um novo mundo e uma nova e misteriosa relação entre o real e o virtual. Ou melhor, onde o virtual é tão real quanto o real, da forma como entendíamos a realidade até há pouco tempo”, assevera.

O curso

As inscrições no curso podem ser feitas, diretamente, na plataforma de educação a distância Somos Cidadania, que é totalmente interativa, moderna, com design responsivo e tem acesso gratuito para matriculados. Nela, além das aulas, os alunos têm à disposição uma série de informações relevantes e atuais sobre o contexto político brasileiro e eventos contínuos realizados pela FAP.

Palestrantes do curso Jornada Cidadã 2022
Palestrantes do curso Jornada Cidadã 2022

 O curso, segundo a coordenação, reúne uma série de professores altamente qualificados para abordar temas que afetam diretamente o dia a dia das pessoas e devem ser encarados por meio de políticas públicas eficazes, em meio a um cenário tomado pela pandemia da covid-19.

Presidente do Conselho Curador da FAP, coordenador do curso e ex-prefeito de Vitória (ES) por dois mandatos, o médico Luciano Rezende destacou que o curso de formação dá continuidade à missão da entidade de formar líderes comprometidos com a “boa política”.



Leia também

‘É preciso criatividade para firmar projeto político com valores’, diz Arnaldo Jordy

Marcelo Nunes vê avanço em federação partidária: “Muito positiva”

Rubens Bueno discute estratégias de pré-campanha na Jornada Cidadã 2022

Direitos políticos são abordados na segunda aula da Jornada Cidadã 2022

História e identidade do Cidadania 23 são temas de aula da Jornada Cidadã 2022

Professores sugerem obras para alunos do curso Jornada Cidadã 2022

FAP abre inscrições para curso de formação política Jornada Cidadã 2022


Rubens Bueno discute estratégias de pré-campanha na Jornada Cidadã 2022

Vice-presidente do Cidadania ministra a terceira aula do curso de capacitação da FAP em parceria com o partido

Cleomar Almeida, da equipe da FAP

O deputado federal e vice-presidente nacional do Cidadania, Rubens Bueno, diz que “a eleição é o momento mais importante da democracia”. Ele vai ministrar, nesta segunda-feira (25/10), a partir das 19h, na plataforma Somos Cidadania, a terceira aula do curso Jornada Cidadã 2022, para discutir organização, planejamento e estratégias de pré-campanha, além de abordar orçamento de campanha e arrecadação de recursos.

Bueno, que já teve sua biografia lançada pela Fundação Astrojildo Pereira (FAP) neste ano, destaca a importância das eleições para o fortalecimento da democracia. “É quando exercemos nosso dever cívico e que influenciará em nossas vidas pelos próximos quatro anos”, assevera ele. O curso é realizado pela entidade em parceria com o Cidadania.

Para ter êxito na corrida eleitoral, conforme destaca o vice-presidente do Cidadania, é preciso compreender cada detalhe da eleição, que poderá ser decisivo no resultado dela. “Como parte deste processo, o candidato, para conquistar a confiança do eleitor e a vitória nas urnas, precisa planejar muito bem as estratégias a serem desenvolvidas durante a campanha. Isto é fundamental”, afirma.

Arte aula Rubens Bueno, na Jornada Cidadã 2022
Arte aula Rubens Bueno, na Jornada Cidadã 2022

O curso

As inscrições no curso podem ser feitas, diretamente, na plataforma de educação a distância Somos Cidadania, que é totalmente interativa, moderna, com design responsivo e tem acesso gratuito para matriculados. Nela, além das aulas, os alunos têm à disposição uma série de informações relevantes e atuais sobre o contexto político brasileiro e eventos contínuos realizados pela FAP.

O curso, segundo a coordenação, reúne uma série de professores altamente qualificados para abordar temas que afetam diretamente o dia a dia das pessoas e devem ser encarados por meio de políticas públicas eficazes, em meio a um cenário tomado pela pandemia da covid-19.

Presidente do Conselho Curador da FAP, coordenador do curso e ex-prefeito de Vitória (ES) por dois mandatos, o médico Luciano Rezende destacou que o curso de formação dá continuidade à missão da entidade de formar líderes comprometidos com a “boa política”.

“A aliança da boa técnica de gestão com o talento político é igual à boa política, de que o Brasil precisa. O país precisa de bons líderes, boas ideias, pessoal envolvido com política e preparado para gestão”, destacou ele, ressaltando o histórico da fundação na realização de cursos de formação.

Palestrantes do curso Jornada Cidadã 2022
Palestrantes do curso Jornada Cidadã 2022 e planejamento das aulas

Veja vídeos das aulas anteriores

https://www.youtube.com/watch?v=vql-Zbk0XiA
https://youtu.be/W-m4mwuD58o
https://youtu.be/pejOcbMtuOY

Leia também

Direitos políticos são abordados na segunda aula da Jornada Cidadã 2022

História e identidade do Cidadania 23 são temas de aula da Jornada Cidadã 2022

Professores sugerem obras para alunos do curso Jornada Cidadã 2022

FAP abre inscrições para curso de formação política Jornada Cidadã 2022


Curso Jornada Cidadã 2022: inscrições abertas

Início das aulas será em 13/10 (quarta-feira), às 19h, com o senador Alessandro Vieira.

João Rodrigues, da equipe da FAP

Com o objetivo de preparar filiados do Cidadania 23, bem como pré-candidatos e suas respectivas equipes para as eleições do próximo ano, a Fundação Astrojildo Pereira (FAP) lança o curso Jornada Cidadã 2022.

A capacitação telepresencial vai abordar liderança, marketing e comunicação política, regras eleitorais para a campanha de 2022, além de temas como educação, saúde, segurança, meio ambiente, estratégia pós-Covid e muito mais.

As inscrições devem ser realizadas no site: somos23.somoscidadania.org.br

Confira o vídeo institucional do curso:




Podcast: saiba como será o novo curso de formação política da FAP

Marco Marrafon exalta time de professores da nova formação política da FAP: “altíssimo nível”

João Rodrigues, da equipe da FAP

A Fundação Astrojildo Pereira (FAP) lançou nesta semana o curso Jornada Cidadã 2022. A capacitação online tem como objetivo preparar filiados do Cidadania 23, bem como pré-candidatos e suas respectivas equipes para as eleições do próximo ano.

Na edição desta semana, o podcast Rádio FAP conversa com o coordenador pedagógico do curso, Marco Marrafon, professor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e ex-secretário de Educação de Mato Grosso. Marrafon, que é doutor em Direito do Estado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), também fala sobre as novas regras eleitorais que permitem que partidos se unam em federações e atuem como se fossem uma só legenda por quatro anos.



A aula inaugural do curso Jornada Cidadã 2022, marcada para 13 de outubro (quarta-feira), será ministrada pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE). Novamente, a FAP apresenta um time de peso entre os professores. Ex-ministros (Cristovam Buarque e Raul Jungmann) e alguns dos maiores profissionais do Brasil em suas áreas (Édson Barbosa e Luiz Carlos Azedo, por exemplo) fazem parte do corpo docente, além da senadora Eliziane Gama.

Confira a relação completa em: www.fundacaoastrojildo.org.br/fap-abre-inscricoes-para-curso-de-formacao-politica-jornada-cidada-2022/

O episódio conta com áudios da Rádio BandNews FM e Jovem Pan News. O Rádio FAP é publicado semanalmente, às sextas-feiras, em diversas plataformas de streaming como Spotify, Youtube, Google Podcasts, Ancora, RadioPublic e Pocket Casts. O programa tem a produção e apresentação do jornalista João Rodrigues. A edição-executiva é de Renato Ferraz.