O #ProgramaDiferente reforça a campanha pela igualdade de gênero e o combate a todo e qualquer tipo de violência contra a mulher

Share on email
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

Nesta semana mundial pela igualdade de gênero e de combate à violência contra a mulher, sem esquecer que esta foi também a Semana da Consciência Negra, o #ProgramaDiferente reforça uma campanha que deve ser diária. Assista.

Num momento em que, no Brasil e no mundo, a mulher ainda sofre com a violência, e a política retrocede em conquistas e direitos, parece que vem bem a calhar este alerta contra a discriminação e o preconceito.

A mulher é vítima de violência sexual, exploração, estupro, assédio. A mulher é vítima de violência doméstica, agressões físicas e psicológicas. Uma sociedade que se pretende moderna, digna e civilizada deve garantir ao menos a igualdade entre cidadãos e cidadãs, independente de gênero, cor, origem ou crenças políticas e religiosas.

É disso que trata o programa de hoje, da igualdade de direitos e deveres entre homens e mulheres, mas dando um enfoque diferente para uma parcela ainda mais discriminada, que são as mulheres presidiárias.

Na entrevista com a jornalista Nana Queiroz, ela fala sobre o livro “Presos que Menstruam”, que retrata a vida quase clandestina de mulheres no sistema carcerário brasileiro, e deve virar filme em 2016.Em seguida, mostramos cenas de um documentário realizado há 24 anos, também sobre mulheres encarceradas. A atualidade e a conexão entre esses dois momentos, mesmo que passadas duas décadas, demonstra que paramos no tempo para enfrentar certas questões.

O ENEM deste ano causou polêmica ao tratar o problema da violência contra a mulher. O tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio de 2015 foi “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira”. Muitos criticaram o suposto feminismo ou partidarismo da prova. Será um exagero refletir sobre esse tema?

O #ProgramaDiferente é exibido na TVAberta de São Paulo todos os domingos, às 21h30.

Na internet, está disponível na TVFAP.net e em programadiferente.com na íntegra.

Privacy Preference Center