Biblioteca Salomão Malina retoma atendimento presencial em Brasília

Share on email
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
WhatsApp-Image-2021-06-30-at-13.19.48

Unidade da FAP adotará uma série de medidas de enfrentamento à pandemia da Covid-19 para retomar o atendimento. Local conta com acesso gratuito à internet e acervo de mais de 3,5 mil livros para empréstimo

Brasília voltou a ter, nesta quarta-feira (30/6), mais uma opção de local de estudo e leitura, com acesso gratuito à internet e mais de 3,5 mil livros para empréstimo, sem qualquer custo, no Conic, no meio da capital federal. Mantida pela Fundação Astrojildo Pereira (FAP), a Biblioteca Salomão Malina foi reaberta ao público quase um ano e meio depois de suspender atendimento presencial por causa da pandemia da Covid-19.

O técnico em enfermagem e recém-graduado em filosofia Carlos Gustavo Araújo dos Santos, de 29 anos, é um dos que já comemoram a reabertura da unidade mantida pela FAP. “A biblioteca significa muito para mim”, destaca. “Quando estava fazendo meu trabalho de conclusão de curso, foi o meio acessível de estudo e pesquisa por ter acervo com livros de qualidade disponibilizados gratuitamente”, afirma.



Conheça a Biblioteca Salomão Malina!

previous arrow
next arrow
 
previous arrow
next arrow

A biblioteca foi reaberta com restrição de funcionamento, das 10h às 16h, sem fechamento no horário de almoço. Oito pessoas, no máximo, poderão usar o local no mesmo momento, considerando a necessidade de distanciamento social e outras medidas de enfrentamento à pandemia. Não há necessidade de agendamento prévio. Em 2019, no ano antes da crise sanitária global, a unidade da FAP atendeu a mais de 6 mil pessoas.

Durante o período em que ficou fechada para atendimento presencial, a biblioteca manteve as atividades administrativas e aumentou a quantidade de livros editados pela FAP à venda na internet. Já são 32 títulos disponíveis para aquisição em plataformas digitais sobre assuntos de interesse público, como política, meio ambiente e democracia, entre outros. Veja relação de todos ao final desta reportagem.


Leia também:

» Jovens relatam qualidade de empréstimo delivery gratuito da Biblioteca Salomão Malina
» Biblioteca Salomão Malina oferece empréstimo de livro em casa, de forma gratuita
» Como produzir texto – Veja técnicas em encontro on-line da Biblioteca Salomão Malina
» Webinar da Biblioteca Salomão Malina debate desafios do novo normal cultural
» Webinar da Biblioteca Salomão Malina mostra dica de organizar livros
» Biblioteca Salomão Malina e Espaço Arildo Dória são reinaugurados em Brasília


Além de oferecer serviços de leitura e estudo em ambiente climatizado, a Biblioteca Salomão Malina faz doação de livros. Em maio, a Library of Congress Office, uma das maiores bibliotecas de Washington (EUA), fez o mais recente pedido de doação de livros do acervo da unidade mantida pela FAP.

A solicitação foi realizada pela bibliotecária sênior e representante da Library of Congress Office em Brasília, Elen Rocha. Ela também já enviou algumas publicações doadas pela biblioteca da FAP para a Biblioteca Jurídica em Washington, que, em seu acervo virtual (https://catalog.loc.gov/), disponibiliza 72 títulos relacionados à Fundação Astrojildo Pereira.


Confira a localização da Biblioteca Salomão Malina



Plano de retomada
Para retomar o atendimento presencial gradativamente, a Biblioteca Salomão Malina elaborou um plano, seguindo rigorosamente os protocolos de enfrentamento à pandemia da Covid-19. Como não há necessidade de agendamento prévio para as pessoas terem acesso ao local, a unidade vai disponibilizar todas as informações necessárias ao público logo na porta de entrada.

O controle de vagas disponíveis no espaço será sinalizado na porta principal da entrada da biblioteca da seguinte forma: um caderno em espiral plastificado com as numerações de 0 a 8 ficará pendurado na porta de vidro, sinalizando a quantidade de vagas disponíveis, à medida em que os leitores chegarem para utilizar o espaço ou o deixarem.

Na entrada da biblioteca, será aferida a temperatura de cada usuário, com orientação da utilização do álcool em gel nas mãos. O usuário deverá fazer a assinatura no caderno de presença, com canetas previamente higienizadas, e receberá a chave do guarda volumes, também higienizada.


Procedimentos

Serão adotados os seguintes protocolos na biblioteca:

» Disponibilização de álcool em gel na entrada;

» Disponibilização de álcool 70% em borrifadores para os próprios usuários higienizarem mesas e cadeiras, quando acharem necessário. (Antes da pandemia, já havia essa prática na biblioteca);

» Aferição de temperatura de todos os usuários, visitantes e funcionários antes de entrar no ambiente. Caso a temperatura detectada seja superior à 37,8°C, a pessoa será orientada a procurar os serviços de saúde e não poderá entrar na biblioteca;

» Sinalização na entrada da biblioteca: informações sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras, sobre o distanciamento de 2 metros entre as pessoas e sobre higienizar as mãos com álcool em gel;

» Proibir a entrada e a circulação de qualquer pessoa nas dependências da biblioteca sem o uso de máscaras, garantindo que estas sejam utilizadas de forma correta, cobrindo totalmente a boca e o nariz, e estejam bem ajustadas ao rosto, sem deixar espaços laterais;

» Excepcionalmente, a biblioteca poderá fornecer máscara a visitante que não possua;

» Solicitar aos usuários e visitantes que observem todas as orientações de prevenção à Covid-19 adotadas na biblioteca.


Estrutura física

» A mesa coletiva poderá ser ocupada apenas por quatro pessoas, sentadas de forma intercalada, sendo a mesa subdividida por placas de proteção de acrílico, delimitando os espaços;

» Os dois sofás terão um de seus assentos demarcado para não ser utilizado;

» Das três baias individuais de estudo, apenas duas estarão disponíveis. A baia do centro será isolada para manter o distanciamento mínimo de 2 metros entre as pessoas;

» Demarcação com fitas no chão, a cada 2 metros, para o distanciamento nas filas dos balcões de atendimento;

» Balcão de atendimento receberá uma estrutura em acrílico para bloquear o espaço entre o funcionário e o usuário;

» Será evitado o uso de ar condicionado e privilegiada a ventilação natural. Para isso, janelas e portas ficarão abertas;


Acervo

» O acervo será isolado por separadores de fila. O leitor deverá solicitar no balcão o livro desejado e um dos funcionários irá retirar o(s) livro(s) com luvas;

» Após a utilização, os livros serão recolhidos e isolados em quarentena por 10 dias (tempo relativo para tornar corona vírus indetectável);

» Após o período de quarentena, os livros deverão retornar ao acervo;

» Não serão disponibilizados jornais e revistas para precaver qualquer tipo de contaminação em materiais bibliográficos que são compartilhados;

» O recebimento de doações de livros ficará suspensa temporariamente.


Acervo
Veja, abaixo, livros sobre o PCB disponíveis ao público na Biblioteca Salomão Malina, em Brasília

Colecao-PCB-PPS-Biblioteca



Venda na internet

Veja, abaixo, a relação de obras da FAP à venda nos sites da Amazon, Americanas, Submarino e Shoptime

TÍTULOSAMERICANASSUBMARINOSHOPTIME
A arquitetura fractal de Antonio Gramscihttps://bit.ly/3xgJmjChttps://bit.ly/3ghjcYBhttps://bit.ly/3gsb9qz
A história como presente : 46 pequenos ensaios sobre a história, seus caminhos e meioshttps://bit.ly/35RxRn5https://bit.ly/3deRKsshttps://bit.ly/3xYQnGl
Diálogos gramscianos sobre o Brasil: entrevistas com Luiz Werneck Viannahttps://bit.ly/3zSerfEhttps://bit.ly/3xW9aCehttps://bit.ly/3vWlvoy
Em um rabo de foguete: trauma e cultura políticahttps://bit.ly/3vWuRR3https://bit.ly/2SWA26dhttps://abre.ai/cXoj
Encontro de sonhos: história do PCB ao PPS no Amazonashttps://bit.ly/3wu3pLChttps://bit.ly/2S3k6i3https://bit.ly/2Swas7V
Gestão compartilhada e governo reto em Vitória – EShttps://bit.ly/3csfYPBhttps://bit.ly/356fASDhttps://bit.ly/3wbLpoV
Gestão Pública e Social: Apoiando as Organizações que Lidam com Recursos Públicos …https://bit.ly/2TZOOckhttps://bit.ly/2SBfhN8https://bit.ly/3zrJ6jL
Gramsci no Seu Tempohttps://bit.ly/35pHzNqhttps://bit.ly/3pZJ8Lrhttps://bit.ly/3xnFEF5
Grando, presente!https://bit.ly/3dmnFazhttps://bit.ly/3w4QFdjhttps://bit.ly/3h88iVe
Itinerários para uma esquerda democráticahttps://bit.ly/2SfJ79Thttps://bit.ly/3gbQ2dchttps://bit.ly/35by8AQ
Jalapão : ontem & hojehttps://bit.ly/3jeAc3Bhttps://bit.ly/3jigKTohttps://bit.ly/35ZqQ3z
Kamba’race. Afrodescendências no Exército Brasileirohttps://bit.ly/3wS5m4Fhttps://bit.ly/3h7ZOMQhttps://abre.ai/cXom
Máfia das Caatingashttps://bit.ly/3h2KqRThttps://bit.ly/3jhXBkvhttps://bit.ly/3je3uPO
Modernidades Alternativas. O Século XX de Antonio Gramscihttps://bit.ly/2ToqhgYhttps://bit.ly/3wvtvh4https://bit.ly/3wuXaXJ
Myrthes Bevilacqua: Memória Em Fragmentoshttps://bit.ly/3wWOCJBhttps://bit.ly/3jdZmiBhttps://abre.ai/cXoq
Na Trincheira da Verdade: Meio Século de Jornalismo na Amazôniahttps://bit.ly/3ivUXHvhttps://bit.ly/3cz5ptZhttps://bit.ly/3g75gjM
O Impeachment de Dilma Rousseff: Crônicas de uma Queda Anunciadahttps://bit.ly/3h8hBDnhttps://bit.ly/2U7IiAzhttps://bit.ly/2Tg8V5Z
Perspectivas de Desenvolvimento no Município De Uberlândiahttps://bit.ly/3vbOR1yhttps://bit.ly/3wcC5kNhttps://bit.ly/3glzezn
Política em movimento: Roberto Freire na imprensa – 2.ed.https://bit.ly/3jbF0qkhttps://bit.ly/2TdfTZuhttps://bit.ly/3hcmuvr
Presença negra no Brasil: século XVI ao início do século XXIhttps://bit.ly/3gqMuTdhttps://bit.ly/3grSZ9Lhttps://bit.ly/3vtqXic
Reformismo de esquerda e democracia políticahttps://bit.ly/3cwVvJchttps://bit.ly/3gq4Cwyhttps://bit.ly/3cxJiUS
Revista de Política e Cultura. Política Democrática nº 50https://bit.ly/2TeG0ishttps://bit.ly/3gaM5Wkhttps://bit.ly/3waQZYY
Revista de Política e Cultura. Política Democrática nº 51https://bit.ly/3wiUb4yhttps://bit.ly/3zeRq6thttps://bit.ly/3jmoHHb
Revista de Política e Cultura. Política Democrática nº 52https://bit.ly/35e7RC1https://bit.ly/2TB3NJKhttps://bit.ly/3wtzROa
Revista de Política e Cultura. Política Democrática nº 53https://bit.ly/3zrLcAihttps://bit.ly/3vbnvZJhttps://bit.ly/2Sitkam
Revista de Política e Cultura. Política Democrática nº 54https://bit.ly/35mb0Qzhttps://bit.ly/2Tt4SDfhttps://bit.ly/3gtVd8F
Revista de Política e Cultura. Política Democrática nº 55https://bit.ly/3A2L36rhttps://bit.ly/3gYSkwLhttps://bit.ly/3hcCddL
Revista de Política e Cultura. Política Democrática nº 56https://bit.ly/3qpC2jHhttps://bit.ly/3y0NN2vhttps://bit.ly/3qv4CQJ
Rubens Bueno. Pé Vermelho e Democrata Radicalhttps://bit.ly/2StlTNBhttps://bit.ly/3jfiTzmhttps://bit.ly/3A1e4zq
Um mundo de riscos e desafios: conquistar a sustentabilidade, reinventar a democracia …https://bit.ly/3grZHfIhttps://bit.ly/35snmXbhttps://bit.ly/3y5yEwH
Um Tijolo Para uma Construção Grandiosa: Memórias de Dina Lida Kinoshitahttps://bit.ly/3vXy17chttps://bit.ly/3zWRIz3https://abre.ai/cXor

Privacy Preference Center