Voltar para a página principal do Portal da FAP
 

 
Procurar filme na FAP

Procurar profissionais na FAP

Procurar na web

Powered by Google

 

 

FILMES

Resultados da busca:

Foram encontrados 10 registros.
Mostrando de 1 a 10.

Blá...Blá... Blá... (São Paulo Brasil, 1967/68)
################


Céu Aberto (São Paulo-Brasil, 1985)

Enfoca o mais rico e emocionante momento da História Brasileira: a transição para a democracia, a campanha das Diretas Já ,a eleição de Tancredo Neves e sua doença, até sua morte. A história de um homem que articulou o mais amplo espectro de forças para seu projeto de transição e que superou o regime militar de forma pacífica. A história dos movimentos populares que deram força a este projeto tão singular e que emocionou o povo brasileiro. Registra os momentos de esperança e angústia vividos. Acompanha os passos dos políticos e a tragédia do presidente eleito, hospitalizado um dia antes da posse, morrendo sem ocupar o cargo para que fora eleito. A grandeza dos cortejos em São Paulo, Brasília, a emoção e a tragédia de Belo Horizonte, o enterro na presença dos mais expressivos políticos brasileiros. Políticos discutem a situação do país e seus próprios papéis. Multidões na rua tomam para si as idéias e propostas de Tancredo Neves. O filme se detém nas dificuldades da política de Tancredo Neves e sua campanha. Discute de forma pormenorizada, a história do golpe armado contra a ascenção da oposição ao poder: o golpe que não se deu. É um registro e uma reflexão destes momentos de tensão, medo e esperança vividos por todo o povo brasileiro.


Cidade de Deus - Inspirado no livro Homônimo de Paulo Lins (Rio de Janeiro - Brasil, 2002)

Buscapé é um jovem pobre e muito sensível, vive na Cidade de Deus, favela carioca, um dos locais mais perigosos do Rio de Janeiro. Amedrontado com a possibilidade de se tornar um bandido, Buscapé acaba salvo de seu destino por causa do seu talento para a fotografia, onde analiza através de sua câmera, o cotidiano violento de sua favela. O filme se passa em um único cenário: conjunto habitacional Cidade de Deus, zona oeste do Rio de Janeiro. A história é dividida em três partes:
A primeira parte é situada no fim dos anos 60, mostra os primeiros anos de existência desse conjunto habitacional, para onde se mudam duas crianças: Buscapé e Dadinho. O primeiro tem 11 anos e seu irmão, Marreco, forma com os amigos Cabeleira e Alicate um grupo de bandidos conhecido como Trio Ternura, cuja especialidade é assaltar caminhões de gás que fazem entrega no local. Dadinho acompanha o grupo e sonha ser como eles. Buscapé, não gosta de ter um irmão bandido: "E a maior furada, sempre acaba sobrando pra gente". Quer um futuro diferente pra sua vida.
A segunda parte se passa nos anos 70. Buscapé continua seus estudos e arruma um emprego num supermercado. Ainda assim, vive na tênue linha que divide a vida "de otário" e a vida no crime. Enquanto isso, Dadinho torna-se um pequeno líder de gangue com grandes ambições. Quer se tornar traficante. Acredita que "o negócio de Assalto tá por fora", em um dia toma quase todas as bocas de fumo de Cidade de Deus, começa a vender cocaína, e em pouco tempo, torna-se o bandido mais perigoso e temido do local. Recebe agora o apelido de Zé Pequeno, e expande seu negócios. "Se o tráfico fosse legal, Zé Pequeno seria o homem do ano", diz o personagem de Buscapé, que também é o narrador do filme.
A terceira parte, situada no cameço dos anos 80, mostra como Zé Pequeno se transforma em um dos traficantes mais poderosos do Rio de Janeiro, protegido por um exército armado de crianças e adolescentes entre 11 e 18 anos. Até que ele cruza o caminho de um trocador de ônibus conhecido como Mané Galinha. Depois de ver sua mulher ser estuprada, Mané Galinha decide se vingar de Zé Pequeno associando-se a outro traficante local, Sandro Cenoura. Estoura a guerra na Cidade de Deus. Nesse meio tempo, Buscapé que sempre sonhou ser fotógrafo, consegue sua primeira máquina profissional. Registrar essa guerra será a grande chance de sua vida.


Doces Poderes (Rio de Janeiro - Brasil, 1996)

Bia, jornalista conhecida por sua competência, chega a Brasília para assumir, durante o período eleitoral, a chefia da sucursal da principal rede de TV do país. O antigo diretor vai chefiar a campanha de um jovem candidato a governador, apoiado por políticos conservadores, que utiliza um discurso populista e pretensamente moderno. Metade dos profissionais também está se retirando, para ganhar altos salários fazendo campanha para diferentes tipos de candidato, sem qualquer critério político ou ético. Esses profissionais vão surgir, ao longo de todo o filme em depoimento nas ilhas de edição. Eles fazem os mais variados discursos para justificar suas opções: desde a crise econômica até a falta de perspectivas. Através de suas falas, o filme mostra o desenvolvimento das campanhas e os conflitos vividos pelos personagens. Na redação destaca-se o novo chefe de reportagem, um jovem eficiente, do em ascender na televisão. Bia e ele acabam se envolvendo afetivamente. Ela também encontra um deputado ex-militante de esquerda, amor de adolescência, agora casado, com quem volta a estabelecer uma relação. Forma-se um triângulo amoroso. Além das diferenças de idade e formação, os três se vêem diante de questões como o poder da mídia e o papel do jornalista no mundo de hoje. Os personagens se deparam com situações ambíguas e eticamente discutíveis. Não existe mais preto nem branco, todos estão frente a essa estranha realidade. O deputado, para poder emplacar seu partido, se alia em outros estados a candidatos de direita. Bia vê seu trabalho manipulado pela direção da emissora. E a própria campanha em Brasília vai num crescendo de apelações e utilizações pessoais.


Doramundo - Baseado no romance homônimo de Geraldo Ferraz (São Paulo - Brasil, 1977)
################


Entreatos (Rio de Janeiro - Brasil, 2004)

De 25 de setembro a 27 de outubro de 2002, a equipe de Entreatos acompanhou passo a passo a campanha de Luís Inácio Lula da Silva à presidência da Rapública. O filme revela os bastidores de um momento histórico através de material exclusivo, como conversas privadas, reuniões estratégicas, telefonemas, traslados, gravações de pronunciamentos e programas eleitorais. Obs.: O lançamento de Entreatos ocorre simultaneamente ao de Peões, o documentário que Eduardo Coutinho rodou no mesmo período com ex-metalúrgicos que militaram nas greves históricas do ABC mas permaneceram em relativo ou total anonimato. Os dois filmes se completam e se enriquecem mutuamente, formando um desenho mais acabado tanto na figura de Lula, como das lentas e complexas tranformações que ligam o movimento sindicalista do ABC à chegada do PT ao poder em 2002.


Novembrada (Santa Catarina-Brasil, 1998)
################


Os Herdeiros (Uma Estória de Nossa História, de Carmem Miranda a Brasília de Getúlio Vargas à Televisão) (Guanabara RJ- Brasil, 1969)

Jorge Ramos é um jornalista arrivista, para quem a única motivação possível é subir na vida: seja delatando um amigo sob tortura, seja casando com a filha de um fazendeiro arruinado de café. A partir do choque entre a posição conservadora do fazendeiro e da posição capitalista de Jorge para salvar a fazenda de café da ruína econômica, é narrada a história do Brasil contemporâneo em quadros dramáticos que incluem o período entre 1930 a 1964.


Queremos as Ondas do Ar (São Paulo-Brasil, 1986)

Um filme-panfleto pela democratização das ondas do ar que, de forma conceitual, questiona o monopólio do Estado e sua autoridade em outorgar permissão para emissões de telecomunicações.


Pesquisa em Andamento.


Terra em Transe (Rio de Janeiro - Brasil, 1967)
################



Procurar por gênero
Ação
Animação
Animação/Documentário
Animação/Experimental
Aventura
Comédia
Comédia/Documental
Depoimento
Documentário
Documentário/Experimental
Documentario/Ficção
Documentário/Jornalístico
Documentário/Reportagem
Drama
Drama/policial
Fábula/Drama
Ficção
Ficção Científica
Ficção/Animação
Ficção/Comédia
Ficção/Drama
Histórico
Infantil
Policial
Romance
Suspense
Terror
 
Procurar por tema
A Educação e a Comunicação na Formação Cultural
A Justiça: As Leis e o Estado de Direito na Cidadania
A Migração e a Imigração - A Questão Político-Social e a Sobrevivência
A Natureza - A Ação do Homem e Seus Efeitos no Meio Ambiente
A Questão da Terra: Reforma Agrária, Invasões e Assentamentos
A Saúde: as Drogas e a Ciência - Leis e Responsabilidade Social
Arte
As Minorias e a Exclusão Social: o Idoso, o Índio, a Mulher, o Negro e os Portadores de Deficiências - Cinema Revela e Denuncia Trajetórias
Comportamento e Educação - Infância, Adolescência e Juventude: Visões e Versões da Sociedade e o Papel do Estado
Comportamento, Marginalidade e a Questão Psíquico-Social: Manicômio, Prisão e Prostituição
Economia, Trabalho, Sindicalismo e Luta de Classes na Hegemonia do Capital
Imprensa: Jornal, Rádio e Televisão - O Poder da Informação
Liberdade de Expressão: Religião e Intolerância
O Cinema, o Brasil e sua História: Colônia, Império e República - Que País é Este?
O Índio e sua saga: Da Colonização à Consciência Histórica da Cidadania
O Negro e a Escravidão: Suas Lutas e Conquistas
Peronalidades: Cinebiografia, Cultura, História e Memória
Política
Violência e Repressão: Contravenção, Delinqüência, Corrupção, Tráfico de Drogas e de Influências - As Leis e a Segurança na Ordem Pública