Voltar para a página principal do Portal da FAP
 

 
Procurar filme na FAP

Procurar profissionais na FAP

Procurar na web

Powered by Google

 

 

FILMES

Resultados da busca:

Foram encontrados 37 registros.
Mostrando de 1 a 10.

A Canga (Paraíba -Brasil, 2001)

Num descampado, no meio de uma lavoura seca, o velho Ascenço Teixeira obriga os filhos a colocar nos ombros uma canga de boi. A esposa e a nora também são obrigadas a ajudar no trabalho. O velho, fora de si, perde o controle da situação e a família reage provocando um desfecho inusitado.


A Dívida da Vida (Rio de Janeiro-Brasil, 1992)
################


A Luta do Povo (São Paulo - Brasil, 1980)

Sobre o movimento operário em São Paulo, entre 1978 e 1980. O 1º de maio de 1979. O enterro do operário Santo Dias da Silva. O encontro promovido pela APS onde duas mil pessoas discutiram a questão da saúde.


A Primeira Conclat (São Paulo-Brasil, 1981)
################


A Queda (Rio de Janeiro-Brasil, 1978)

José, operário do metrô carioca, cai do andaime. Os colegas levam-no para o hospital. No caminho, Mário seu melhor amigo, rememora os tempos em que serviram ao exército, no sertão baiano, há quinze anos. José morre e, como não era registrado na obra, a empresa, envolvida numa vantajosa concorrência pública, evita a divulgação da notícia para não ver denunciadas as más condições de trabalho de seus operários. Mário vai procurar Lindalva, a viúva de José, e aconselha-a a não receber o cheque de dez mil cruzeiros nem assinar o documento que isenta a empresa da responsabilidade pela morte de seu marido. A empresa suborna com um apartamento o empreiteiro Salatiel, sogro de Mário, para que este desista de defender os interesses de Lindalva. Mário luta até ver seus últimos aliados, um jovem jornalista e o próprio advogado da viúva, serem subornados. Perde o emprego e o apoio da família, briga com Laura, sua mulher, e foge de casa, indo refugiar-se na construção do sogro. A esposa, compreendendo e aderindo ao ponto de vista do marido, vai encontrá-lo e dar-lhe força para não desistir de seu ideal de justiça.


ABC da Greve (São Paulo - Brasil, 1979/1990)

"Um filme complexo, no qual a classe operária desempenha um papel novo, a partir de sua própria experiência. O avanço das forças produtivas, no ABC, deu condições para a concentração de uma grande massa, com o alto nível de consciência de classe. E isso se expressou nessa batalha que estamos vendo aí, pacífica, organizada e que pode ser de muita valia para todos os trabalhadores do Brasil, para que compreendam a necessidade de lutar por seus direitos, de se organizar e vencer a ilegalidade. Trata-se de estabelecer uma legalidade nova, que é a greve como forma de ação e reivindicação, já que as negociações, levadas até o fim, não correspondem às necessidades das massas avançadas". "Então fomos filmar no ABC as condições de vida da massa trabalhadora, onde mora, como é a sua saúde, suas relações familiares, seu cotidiano. E também suas condições de trabalho, ou seja, o problema ecológico verdadeiro, a situação real daqueles que lidam com produtos químicos, gases que engolem tudo, mastigam aquele ferro, engolem aquele fel". (Trechos extraídos da entrevista de Leon Hirszman a Fernando Moraes, Cláudio Kahns, Sérgio Gomes, Adrian Cooper e Uli Bruhn, em 3 de abril de 1979).


Aruanda (Paraíba -Brasil, 1960)

Os quilombos marcaram época na história econômica do nordeste canavieiro. A luta entre escravos e colonizadores terminava, às vezes, em episódios épicos, como Palmares. Olho DÁgua da Serra do Talhado, em Santa do Sabugi, Paraíba, surgiu em meados do século passado, quando o ex-escravo e madeireiro Zé Bento, partiu com a família, à procura da terra de ninguém. Com o tempo, Talhado transformou-se num quilombo pacífico, isolado das instituições do país, perdido nas lombadas do Chapadão Nordestino, com uma pequena população presa a um ciclo econômico trágico e sem perspectivas, variando do plantio de algodão à cerâmica primitiva, vendida na feira ao pé da serra.


Até a Última Gota (Rio de Janeiro - Brasil, 1980)

Inspirado na morte do operário Jucenil Navarro de Souza que, desempregado, vendia sangue para comprar comida para a família, o filme denuncia o comércio de sangue nos países do Terceiro Mundo. Jucenil sai da casa de saúde, em Duque de Caxias, Rio de Janeiro e, enfraquecido, morre ao entrar no supermercado. Sua mulher narra a tragédia. Seguem-se depoimentos de pessoas envolvidas com o tráfico de sangue e dos que lutam contra essa prática. O filme percorre a rota do tráfico que ocorre em países como Haiti, Argentina e Nicarágua registrando o fato de que o sangue tirado dos países subdesenvolvidos serve de matéria-prima para os laboratórios farmacêuticos multinacionais.


Batalha dos Guararapes (Rio de Janeiro - Brasil, 1978)

"O filme faz uma reconstituição dos principais episódios da batalha entre holandeses e luso-brasileiros nas cercanias de Recife/PE. Revela quais as forças econômicas e políticas que moveram aquele período, em vez de desmistificar os heróis do episódio. O pano de fundo e o nascimento do capitalismo mercantil." Início do século XVII. Os holandeses ocupam o arraial do Bom Jesus, último reduto dos nativistas na capitania de Pernambuco. O aventureiro João Fernandes Vieira decide aderir aos dominadores, opondo-se à resistência de André Vidal de Negreiros. Ligando-se ao conselheiro, representante máximo dos interesses da Companhia das Índias Ocidentais na capitania, Vieira torna-se cobrador de impostos, enriquece e tem um romance rumoroso com a viúva Ana Paes, que lutara ao lado dos nativistas.Favorece-lhe a ascensão sua amizade com Maurício de Nassau. Este, no governo, revela-se um estadista de larga visão política e cultural mas suas idéias chocam-se com os interesses da Companhia criando sucessivas crises econômicas e políticas. Sentindo a gradativa diluição do poderio de Nassau, Vieira une-se à luta para a expulsão dos holandeses, com o auxílio de frei Salvador. Em posição delicada, Nassau tenta um último ato de participação com a festa do Boi Voador, medida de abertura econômica aos brasileiros e política, permitindo que Vidal de Negreiros - que entrara clandestinamente no Recife - entregue-lhe uma carta do rei de Portugal. Nassau é destituído e Vieira parte para o interior. Deixa Ana mais uma vez só, levando-a a aceitar uma ligação com o conselheiro. A guerra se avizinha. Chega afinal o esperado apoio de Portugal e os holandeses são derrotados em Guararapes pelas tropas nativistas, com o auxílio dos escravos revoltosos de Henrique Dias e os índios de Felipe Camarão. Ana e Vieira reencontram-se, reconhecendo estarem definitivamente separados.


Braços Cruzados, Máquinas Paradas (Título Inicial A História dos Ganha Pouco) (São Paulo - Brasil, 1979)
################


Próxima página Última página

Procurar por gênero
Ação
Animação
Animação/Documentário
Animação/Experimental
Aventura
Comédia
Comédia/Documental
Depoimento
Documentário
Documentário/Experimental
Documentario/Ficção
Documentário/Jornalístico
Documentário/Reportagem
Drama
Drama/policial
Fábula/Drama
Ficção
Ficção Científica
Ficção/Animação
Ficção/Comédia
Ficção/Drama
Histórico
Infantil
Policial
Romance
Suspense
Terror
 
Procurar por tema
A Educação e a Comunicação na Formação Cultural
A Justiça: As Leis e o Estado de Direito na Cidadania
A Migração e a Imigração - A Questão Político-Social e a Sobrevivência
A Natureza - A Ação do Homem e Seus Efeitos no Meio Ambiente
A Questão da Terra: Reforma Agrária, Invasões e Assentamentos
A Saúde: as Drogas e a Ciência - Leis e Responsabilidade Social
Arte
As Minorias e a Exclusão Social: o Idoso, o Índio, a Mulher, o Negro e os Portadores de Deficiências - Cinema Revela e Denuncia Trajetórias
Comportamento e Educação - Infância, Adolescência e Juventude: Visões e Versões da Sociedade e o Papel do Estado
Comportamento, Marginalidade e a Questão Psíquico-Social: Manicômio, Prisão e Prostituição
Economia, Trabalho, Sindicalismo e Luta de Classes na Hegemonia do Capital
Imprensa: Jornal, Rádio e Televisão - O Poder da Informação
Liberdade de Expressão: Religião e Intolerância
O Cinema, o Brasil e sua História: Colônia, Império e República - Que País é Este?
O Índio e sua saga: Da Colonização à Consciência Histórica da Cidadania
O Negro e a Escravidão: Suas Lutas e Conquistas
Peronalidades: Cinebiografia, Cultura, História e Memória
Política
Violência e Repressão: Contravenção, Delinqüência, Corrupção, Tráfico de Drogas e de Influências - As Leis e a Segurança na Ordem Pública