Voltar para a página principal do Portal da FAP
 

 
Procurar filme na FAP

Procurar profissionais na FAP

Procurar na web

Powered by Google

 

 

FILMES

Resultados da busca:

Foram encontrados 17 registros.
Mostrando de 1 a 10.

Até a Última Gota (Rio de Janeiro - Brasil, 1980)

Inspirado na morte do operário Jucenil Navarro de Souza que, desempregado, vendia sangue para comprar comida para a família, o filme denuncia o comércio de sangue nos países do Terceiro Mundo. Jucenil sai da casa de saúde, em Duque de Caxias, Rio de Janeiro e, enfraquecido, morre ao entrar no supermercado. Sua mulher narra a tragédia. Seguem-se depoimentos de pessoas envolvidas com o tráfico de sangue e dos que lutam contra essa prática. O filme percorre a rota do tráfico que ocorre em países como Haiti, Argentina e Nicarágua registrando o fato de que o sangue tirado dos países subdesenvolvidos serve de matéria-prima para os laboratórios farmacêuticos multinacionais.


Bicho de 7 Cabeças - Baseado no Livro Canto dos Malditos de Austregésilo Carrano (São Paulo - Brassil, 2000)
################


Carandiru - Adaptação do livro Estação Carandiru de Dráuzio Varella (Argentina/Brasil, 2003)
################


Carlos Chagas, o Passado Presente (Belo Horizonte - Brasil, 1981)

Homenagem a Carlos Chagas no contexto de uma reportagem sobre o universo social da doença que leva o seu nome. Cientistas, políticos, sacerdotes católicos, camponeses, bóias-frias e operários de várias regiões de Minas Gerais, depõem, enfatizando os especialistas o caráter socio-econômico e político das condições de miséria rural em que prosperam os "barbeiros", insetos transmissores da doença de Chagas.


Césio 137, o Pesadelo de Goiânia (Brasília DF - Brasil, 1989)

Césio (latim Caesiu Azul) S.M. Elemento de número atômico 55, pertence aos metais alcalinos, sólidos, brilhante, prateado. (Símbolo - CS), Elemento estranho a natureza, produzido artificialmente duranre a fissão nuclear do Urânio. Tem meia-vida de 135 anos e emite radiações Alfa, Beta e Gama. Um dos isótopos radioativos liberados pelas usinas nucleares. Usado na Medicina Nuclear (bomba de césio) para tratamento radiológico de tumores. Nas ruínas de um hospital demolido, biscateiros encontram uma peça de metal inteiramente vedada. O estranho objeto é comprado por um negociante de sucata que consegue abrir um orifício no metal e retirar pequenas pedras. As pedrinhas emitem uma luz fascinante azul e são distribuídas entre amigos, em um bairro de Goiânia. Em pouco tempo a doença e a morte atingem a todos que entraram em contato com a luz maravilhosa, revelando um acidente nuclear de trágicas conseqüências.


Cidade de Deus - Inspirado no livro Homônimo de Paulo Lins (Rio de Janeiro - Brasil, 2002)

Buscapé é um jovem pobre e muito sensível, vive na Cidade de Deus, favela carioca, um dos locais mais perigosos do Rio de Janeiro. Amedrontado com a possibilidade de se tornar um bandido, Buscapé acaba salvo de seu destino por causa do seu talento para a fotografia, onde analiza através de sua câmera, o cotidiano violento de sua favela. O filme se passa em um único cenário: conjunto habitacional Cidade de Deus, zona oeste do Rio de Janeiro. A história é dividida em três partes:
A primeira parte é situada no fim dos anos 60, mostra os primeiros anos de existência desse conjunto habitacional, para onde se mudam duas crianças: Buscapé e Dadinho. O primeiro tem 11 anos e seu irmão, Marreco, forma com os amigos Cabeleira e Alicate um grupo de bandidos conhecido como Trio Ternura, cuja especialidade é assaltar caminhões de gás que fazem entrega no local. Dadinho acompanha o grupo e sonha ser como eles. Buscapé, não gosta de ter um irmão bandido: "E a maior furada, sempre acaba sobrando pra gente". Quer um futuro diferente pra sua vida.
A segunda parte se passa nos anos 70. Buscapé continua seus estudos e arruma um emprego num supermercado. Ainda assim, vive na tênue linha que divide a vida "de otário" e a vida no crime. Enquanto isso, Dadinho torna-se um pequeno líder de gangue com grandes ambições. Quer se tornar traficante. Acredita que "o negócio de Assalto tá por fora", em um dia toma quase todas as bocas de fumo de Cidade de Deus, começa a vender cocaína, e em pouco tempo, torna-se o bandido mais perigoso e temido do local. Recebe agora o apelido de Zé Pequeno, e expande seu negócios. "Se o tráfico fosse legal, Zé Pequeno seria o homem do ano", diz o personagem de Buscapé, que também é o narrador do filme.
A terceira parte, situada no cameço dos anos 80, mostra como Zé Pequeno se transforma em um dos traficantes mais poderosos do Rio de Janeiro, protegido por um exército armado de crianças e adolescentes entre 11 e 18 anos. Até que ele cruza o caminho de um trocador de ônibus conhecido como Mané Galinha. Depois de ver sua mulher ser estuprada, Mané Galinha decide se vingar de Zé Pequeno associando-se a outro traficante local, Sandro Cenoura. Estoura a guerra na Cidade de Deus. Nesse meio tempo, Buscapé que sempre sonhou ser fotógrafo, consegue sua primeira máquina profissional. Registrar essa guerra será a grande chance de sua vida.


Em Nome da Razão (Minas Gerais-Brasil, 1979)

Filmado no Manicômio de Barbacena, Minas Gerais, revelando todos os ambientes do hospital: pavilhões de velhos, aleijados, crianças, homens e mulheres. As seqüências se interligam pela imagem de um longo e escuro corredor do hospício enquanto uma interna canta sua música. A narração propõe uma reflexão sobre a função social do manicômio: para que e a quem servem os hospitais psiquiátricos, quem são as pessoas enviadas para lá, e qual o processo de cura e recuperação a que são submetidos.


Estranho Sorriso (São Paulo - Brasil, 1980)

Filmado integralmente nas instalações da Fundação Municipal Anne Sullivan, em São Paulo. Aborda o cotidiano de crianças com diversas deficiências e seu relacionamento com os professores especialistas, que pacientemente transmitem os códigos do conhecimento humano padronizados pela sociedade.


Fênix (Rio de Janeiro - Brasil, 1980)

Homenagem aos velhos e novos guerreiros que povoaram a cena política e cultural brasileira entre o movimento militar de 1964 e a decretação do Ato Institucional n.º 5, em fins de 1968. Narrado pelos próprios personagens, em formato de cine-almanaque, o filme desfia imagens e sons do tropicalismo, do cinema novo, dos festivais da canção, do movimento estudantil e da vanguarda artística do período. Realizado nos primeiros meses de 1980, o filme alude ao movimento que como Fênix, fazia renascer das cinzas a rebeldia contestatória, a criação e o germe da mudança.


Maranhão 66 (Rio de Janeiro/Maranhão - Brasil, 1966)

Realizado em 1966, por ocsião da posse de José Sarney no Governo do Estado. Em contraponto ao discurso do governador eleito, Glauber flmou a miséria do Maranhão, a pobreza e as esperanças que nasciam dos casebres, dos hospitais.


Próxima página Última página

Procurar por gênero
Ação
Animação
Animação/Documentário
Animação/Experimental
Aventura
Comédia
Comédia/Documental
Depoimento
Documentário
Documentário/Experimental
Documentario/Ficção
Documentário/Jornalístico
Documentário/Reportagem
Drama
Drama/policial
Fábula/Drama
Ficção
Ficção Científica
Ficção/Animação
Ficção/Comédia
Ficção/Drama
Histórico
Infantil
Policial
Romance
Suspense
Terror
 
Procurar por tema
A Educação e a Comunicação na Formação Cultural
A Justiça: As Leis e o Estado de Direito na Cidadania
A Migração e a Imigração - A Questão Político-Social e a Sobrevivência
A Natureza - A Ação do Homem e Seus Efeitos no Meio Ambiente
A Questão da Terra: Reforma Agrária, Invasões e Assentamentos
A Saúde: as Drogas e a Ciência - Leis e Responsabilidade Social
Arte
As Minorias e a Exclusão Social: o Idoso, o Índio, a Mulher, o Negro e os Portadores de Deficiências - Cinema Revela e Denuncia Trajetórias
Comportamento e Educação - Infância, Adolescência e Juventude: Visões e Versões da Sociedade e o Papel do Estado
Comportamento, Marginalidade e a Questão Psíquico-Social: Manicômio, Prisão e Prostituição
Economia, Trabalho, Sindicalismo e Luta de Classes na Hegemonia do Capital
Imprensa: Jornal, Rádio e Televisão - O Poder da Informação
Liberdade de Expressão: Religião e Intolerância
O Cinema, o Brasil e sua História: Colônia, Império e República - Que País é Este?
O Índio e sua saga: Da Colonização à Consciência Histórica da Cidadania
O Negro e a Escravidão: Suas Lutas e Conquistas
Peronalidades: Cinebiografia, Cultura, História e Memória
Política
Violência e Repressão: Contravenção, Delinqüência, Corrupção, Tráfico de Drogas e de Influências - As Leis e a Segurança na Ordem Pública